Extrato
Consulta Conveniados
twitter do Sispumb
line decor
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
PROGRESSÃO FUNCIONAL VAI SER DISCUTIDA NA JUSTIÇA
NOTÍCIAS - 8/12/2015 17:46 -

O departamento jurídico do SISPUMB prepara ação para cobrar na justiça a progressão funcional do servidor publico municipal de Botucatu, “um direito que para a administração João Cury é um câncer incurável”.
Longe de entender que os servidores municipais possuem esse direito e que é o único instituto que garante uma carreira digna no serviço público faz com que a administração João Cury mais uma vez prove que o servidor público municipal não é uma prioridade em seu governo.
A progressão funcional é parte da história do servidor municipal, ela estava instituída nas Leis Complementares 01/90 e 02/90 que legislava sobre os direitos dos servidores quando contratados no regime CLT, embora cheia de falhas as regras funcionavam e periodicamente os servidores tinham o prazer de receber 8 % que lhe era de direito com a progressão funcional, mas após a instituição do Estatuto esse direito caiu para 5% sobre a tabela de referencia e mesmo assim a regulamentação desse direito vem sendo empurrado com a barriga pela administração municipal, mostrando que os servidores para eles não são prioridade.
O secretário da administração, homem sem duvida conhecedor da função administrativa nas instituições privadas prova a cada dia que de administração pública falta muita coisa a aprender a exemplo do secretário da fazenda que também adquiriu vasta experiência no serviço privado e a mais de 8 anos vem provando que de administração pública ainda tem muito a aprender, afinal ambos defendem que a maquina pública tem que gerar superávit e o dinheiro publico tem que ser aplicado tão somente nas obras públicas e engrandecimento político do governo, se esquecendo que quem realiza isso na pratica é o servidor que é a mais importante engrenagem da maquina pública, mas para a atual administração a prioridade é valorizar apenas aqueles escolhidos a dedo por indicações políticas e partidárias, esses sim são os privilegiados enquanto os servidores mais carentes são obrigados a viver com as migalhas que lhe sobram.
Infelizmente por se tratar de um assunto discutido exaustivamente no objetivo de encontrar uma solução e não resolvido pela administração, esgotaram-se todas as possibilidades de espera, restando apenas o caminho de apelar ao poder judiciário que reconheça aos servidores esse direito e que se determine o pagamento aos servidores o mais rápido possível para não ocasionar maior prejuízo aos servidores e ao erário público.

A Diretoria.



Voltar voltar   Imprimir imprimir   Email do Autor e-mail do autor   Envie para um amigo envie para um amigo


Outras notícias
[ 30/06-11:59 ]   Reajuste retroativo é pago pela Prefeitura
[ 02/06-17:35 ]   CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINARIA
[ 05/05-18:53 ]   BOLETIM ELEIÇÕES SISPUMB 2017
[ 26/04-11:11 ]   SISPUMB PROTOCOLA PAUTA PARA NEGOCIAÇÕES SALARIAIS
[ 26/04-11:00 ]   28 DE ABRIL GREVE GERAL - NENHUM DIREITO A MENOS
[ 11/04-11:15 ]   CONTRIBUIÇÃO SINDICAL 2017
[ 04/04-08:43 ]   ELEIÇÕES SINDICAIS 2017
[ 17/03-09:56 ]   ELEIÇÕES SINDICAIS 2017
[ 09/03-16:54 ]   ELEIÇÕES SINDICAIS 2017
[ 06/02-15:40 ]   SISPUMB SOLICITA ADIAMENTO DE VOTAÇÃO DE PROJETO NA CÂMARA
  
 

[ JOSÉ MANOEL LEME ]

[ INFORMATIVO ]

› Agosto/2015[ INFORMATIVO ]-----------------------

Informativos Anteriores





Visitas desde 08/02/2009


Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Botucatu - "SISPUMB"
Rua: Dr. Rodrigues do Lago, Nº02 CEP: 18.602-350 - Vila Padovan - Botucatu SP - Telefone : (14) 3815-3274
Web design by DECISÃO INFORMATICA